Conquiste times de alta performance aplicando estas 6 dicas

7 minutos para ler

No futebol, por exemplo, só o talento não é suficiente para uma equipe se tornar imbatível. Essa lógica também se aplica ao mundo corporativo. É necessário contar com times de alta performance, ou seja, colaboradores engajados, competentes, em sinergia e alinhados aos objetivos da organização.

O bom desempenho das equipes é um importante diferencial competitivo no mercado. Afinal de contas, quando você busca por um serviço, certamente dá preferência àqueles prestados por profissionais ágeis, bem preparados e que sabem usar a tecnologia para atender às suas demandas, não é mesmo? É exatamente assim que os seus clientes agem, então é essencial trabalhar continuamente para mantê-los satisfeitos.

Neste post, trazemos as melhores dicas para construir times capazes de alavancar os resultados do seu negócio. Confira!

O que são times de alta performance?

Uma equipe de alta performance está sempre em busca de resultados acima das expectativas da empresa, enquanto uma convencional se contenta em obter um desempenho regular. Ela tem um senso de comprometimento coletivo para que tanto as tarefas cotidianas quanto os projetos específicos sejam bem-sucedidos e contribuam para o desenvolvimento da empresa.

Nesse caso, os interesses coletivos se sobressaem em relação às pretensões individuais, ou seja, cada colaborador atua como parceiro para a conquista de resultados de excelência e que possam ser mensurados, a fim estabelecer melhorias contínuas na performance do grupo.

Além disso, todas as funções são definidas com o máximo de clareza e todos os membros do time podem compartilhar suas ideias e seus pensamentos, ajudando na criatividade e no sucesso das atividades do negócio.

O que esperar de uma equipe de alta performance?

A construção de equipes de alta performance pode revolucionar a estrutura e o modo como a empresa executa o seu serviço. Uma vez que essas pessoas confiam profundamente umas nas outras e são comprometidas com o trabalho em equipe, a tendência é que elas consigam expressar todas as suas ideias e os seus sentimentos, de forma a criar um ambiente que se baseia na diversidade e na criatividade.

Com uma comunicação mais direta e aberta, com o suporte de ferramentas tecnológicas, também há menos chances de erros na transmissão de informações importantes — condição que evita o desperdício de tempo e de dinheiro com a correção de falhas e retrabalhos.

Outro benefício é a possibilidade de todos estarem aptos a dar e receber feedbacks de maneira empática e respeitosa. Essa cultura fortalece os laços dos profissionais, diminui os focos de intriga e aumenta a eficácia do trabalho individual e coletivo.

Apesar de cada profissional ter a sua função, todos trabalham em sincronia para obter os mesmos resultados. Sem falar que há espaço para eles participarem ativamente dos projetos internos, e esse aspecto estimula o desenvolvimento das suas habilidades e permite novas experiências.

Portanto, o que se pode esperar de um time de alta performance é um grupo de pessoas trabalhando com autonomia, orientado por resultados e que sabe lidar com eventuais tensões, impedindo que estas interfiram negativamente na rotina e nos processos da companhia.

Como montar um time de alta performance?

Trabalhar em parceria com uma equipe engajada, eficiente e disposta a vestir a camisa da empresa em todos os projetos é o objetivo de qualquer gestor. Para isso, é fundamental proporcionar um ambiente favorável a tal comportamento. Veja abaixo as melhores estratégias para montar um time diferenciado e que impulsione os seus resultados.

1. Invista em treinamento

Seus colaboradores só podem atingir os objetivos propostos quando estão bem preparados para as atividades desenvolvidas pela empresa. Levando isso em conta, o primeiro passo é investir no treinamento da equipe a partir do oferecimento de palestras, cursos, workshops e até mesmo parcerias com instituições de ensino.

Essas iniciativas estimulam os funcionários a atualizarem os seus conhecimentos, além de prepará-los para lidar com os valores, as políticas e os objetivos internos, assim como com a segurança que as tarefas exigem. Dessa maneira, eles se sentem mais valorizados e dispostos a entregar o seu melhor em cada tarefa.

2. Estabeleça metas inteligentes e desafiadoras

Para que o time vá além das expectativas, é necessário estabelecer metas inteligentes e que o desafiam a sair do lugar-comum. Assim, os profissionais são estimulados a pensar de forma diferente, exercendo a sua criatividade, o que é perfeito para a criação de soluções inovadoras.

Quanto às metas, tenha em mente que elas devem estar de acordo com a realidade do negócio para que realmente possam ser alcançadas. Também é crucial que elas sejam mensuráveis, viabilizando a análise dos resultados para possíveis ajustes.

3. Promova a troca de funções

Se um profissional não compreende a importância ou a complexidade das atividades realizadas pelos demais colegas, é provável que a equipe não consiga ter uma boa sinergia. Diante disso, é recomendado promover a troca de funções entre áreas semelhantes, na qual um colaborador do marketing assuma as tarefas do setor de vendas, por exemplo.

Nesse contexto, os profissionais entendem a necessidade de cooperar com todos os times, adquirem novas habilidades e se tornam polivalentes, ou seja, podem atuar em diferentes frentes, conforme a necessidade da empresa.

4. Motive os colaboradores

A falta de reconhecimento é uma das principais razões pelas quais um colaborador fica desmotivado. Para que isso não aconteça com os seus times, procure recompensá-los sempre que apresentarem um bom trabalho ou conquistarem as metas determinadas.

As recompensas devem ser baseadas no mérito, não na afinidade com os colaboradores, pois isso pode indicar que um profissional está sendo favorecido em detrimento de outro e, por consequência, criar intrigas na equipe. Celebrações, brindes, elogios e bonificações são apenas algumas das opções que ajudam a motivar a equipe.

5. Incentive a comunicação

Erros de comunicação podem sair caro para a empresa, já que levam a resultados indesejados. Portanto, é indicado incentivar a comunicação entre os membros de todos os times, garantindo que todos acessem as informações das quais necessitam para desempenhar as suas funções.

Disponibilize canais de comunicação e ferramentas que facilitem a troca de informações, de maneira rápida e eficiente, como plataformas com inteligência artificial. Os líderes também devem manter o hábito de dialogar com os liderados para que o ambiente de trabalho seja o mais transparente possível.

6. Seja um líder de alta performance

Mesmo que aplique os passos citados acima, todo o seu esforço pode ir por água abaixo se você não for um líder de alta performance. Isso porque o gestor deve inspirar e ser visto como um exemplo a ser seguido.

As ações do time nada mais são do que um reflexo da postura dos seus líderes. Sendo assim, é indispensável que quem esteja no comando demonstre engajamento, entusiasmo, iniciativa para alcançar bons resultados, além de ser o maior propagador da missão, da visão e dos valores da organização.

Qual empresa não quer elevar a sua produtividade e se tornar referência em qualidade na sua área de atuação? Tudo isso é viável com os times de alta performance, pois os colaboradores despendem esforços individuais e coletivos na mesma direção e entendem a importância do seu papel para o bom desempenho do negócio, o que os estimula a fazer entregas que superam as metas previstas.

E aí, gostou deste post? Tem algo a acrescentar? Deixe o seu comentário aqui embaixo e compartilhe as suas ideias conosco!

Compartilhe !

Posts relacionados

Deixe um comentário