Entenda a aplicação da Inteligência Artificial nas empresas

7 minutos para ler

A transformação digital mudou para sempre a forma como as empresas trabalham. Na atualidade, elas precisam lidar com um grande volume de informações geradas por clientes, fornecedores e funcionários — condição que tem impulsionado o crescimento da inteligência artificial (AI), visto que ela oferece softwares que permitem ações e respostas mais efetivas na rotina dos negócios.

Devido à praticidade que proporciona, esse recurso tem se tornado cada vez mais comum dentro das companhias, inclusive porque pode ser aplicado de diferentes formas e em diversas atividades. Portanto, ficar por dentro dessa tendência é fundamental para entender como ela pode favorecer a sua performance.

Neste post, vamos trazer à tona tudo o que você deve saber sobre o tema. Acompanhe!

O que é inteligência artificial?

Muitas pessoas associam inteligência artificial somente a robôs que substituem o trabalho humano. Essa é uma representação aumentada da tecnologia, mas não é a única possibilidade, uma vez que o conceito se baseia em máquinas que funcionam de maneira semelhante ao nosso pensamento, como é o caso das assistentes virtuais.

De modo simples, o recurso é definido como um conjunto de software, linguagem de computação, lógica e disciplinas filosóficas que cumpre o papel de executar determinada atividade que antes poderia ser feita apenas por pessoas, como interpretar linguagem escrita ou falada, identificar expressões faciais, aprender, entre outras funções.

Os dispositivos que operam por meio da AI contam com um software, local onde está centrada sua parte lógica — o que é possível graças à ciência da computação, que desenvolve técnicas e métodos para processar dados. Um exemplo disso são os algoritmos, uma sequência de instruções que determinam como o sistema deve funcionar.

Quais são os usos mais comuns de inteligência artificial?

A adoção da inteligência artificial já é uma realidade em muitas empresas, sendo estimulada por ferramentas que otimizam e coordenam etapas de trabalho. A partir delas, você pode desde facilitar a coleta e análise de dados até dinamizar a comunicação com o seu público-alvo. Confira quais são os principais exemplos aplicados nas organizações.

Predições

De nada adianta ter mecanismos que geram dados se a empresa não souber como coletar e analisar essas informações para transformá-las em estratégias que ajudem o negócio a crescer. Com a inteligência artificial, a companhia pode otimizar a análise de dados e prever o comportamento do cliente nos mais variados cenários.

Essas predições permitem que você tenha acesso a informações precisas e que apontam potenciais situações e os seus respectivos resultados. Assim, há mais embasamento para tomar decisões e direcionar o caminho que o empreendimento deve seguir.

Chatbots

Já pensou se você pudesse prestar atendimento ao cliente 24 horas, garantindo que ele resolva as suas dúvidas mesmo fora do horário de expediente? Isso é perfeitamente viável com a implementação de um chatbot, ferramenta que conversa com os usuários de maneira natural, por meio de uma linguagem previamente programada.

Também conhecido como assistente virtual, o recurso reconhece informações e produz respostas que imitam o comportamento humano. Geralmente, o chatbot é integrado a outros sistemas e bancos de dados para realizar rotinas simples, liberando a equipe de atendimento para focar questões de maior complexidade.

Vendas e marketing

Uma vez que a empresa levanta e estuda melhor os dados relacionados aos seus serviços, ela consegue desenvolver estratégias de vendas e marketing mais eficientes. Começa pela definição dos perfis dos seus clientes, o que possibilita a criação de um atendimento personalizado e que oferece produtos que atendam às necessidades específicas do seu público.

Segurança

Assim como agrega praticidade para a execução das atividades cotidianas, a tecnologia abre espaço para que pessoas mal-intencionadas encontrem brechas para invadir os seus sistemas. Nesse sentido, a AI também é uma poderosa aliada, já que pode ser combinada com mecanismos de segurança para bloquear fraudes, ataques cibernéticos e vazamento de dados.

Quais são os impactos dessa tecnologia para empresas e clientes?

Se empregada corretamente, a tecnologia que imita o comportamento humano proporciona diversos benefícios para os seus processos, melhorando a experiência de todas as figuras que interagem com o negócio. Entenda como a inteligência artificial impacta as empresas e os seus consumidores.

Promove a interação entre as equipes

Além das possibilidades apresentadas até aqui, o recurso tecnológico pode ser integrado a softwares de trabalho coletivo, o que permite a interação entre os colaboradores de todas as áreas. Isso ocorre porque a inteligência artificial conecta dados e facilita o compartilhamento de informações.

Desse modo, há menos chances de ocorrerem ruídos de comunicação que possam atrapalhar a execução das atividades. Sem falar que os gestores também podem acompanhar o fluxo de trabalho, identificando o que cada profissional está fazendo dentro de um projeto.

Automatiza o atendimento ao cliente

Segundo um estudo da NeoAssist, 87% dos consumidores entrevistados deixam de fazer novos negócios com uma empresa por causa de um atendimento ruim. Levando isso em consideração, é essencial contar com práticas e ferramentas que aperfeiçoem a relação entre a marca e o cliente.

Com o auxílio de chatbots, por exemplo, a companhia fica à disposição do público todos os dias da semana, independentemente do horário. O robô tem várias funções, como conduzir o usuário no processo de compra, tirar dúvidas e solucionar problemas e, se não conseguir resolvê-los, redireciona a pessoa para a equipe de atendimento.

Assim, você garante a satisfação do cliente. Esse fator o incentiva a fazer novas compras futuramente e a se tornar um divulgador do negócio, já que uma pessoa satisfeita com um serviço tende a indicá-lo para familiares e amigos próximos.

Estimula a inovação

Inovar se tornou um requisito obrigatório para as marcas que almejam se destacar no seu ramo de atuação. Diante disso, a inteligência artificial é vista como uma importante opção para criar planos e traçar estratégias inovadoras, uma vez que sua aplicação possibilita que o empreendimento acompanhe e reaja às situações e crie oportunidades em tempo real.

Facilita o processamento de dados

O processamento de dados de forma manual é uma atividade extremamente trabalhosa e sujeita a erros. Por meio do desenvolvimento de algoritmos inteligentes e alicerçados no Big Data, os sistemas da empresa podem estudar os dados coletados, sem cometer falhas, além de criar insights valiosos.

Vale ressaltar que essa tendência também reduz consideravelmente a fadiga operacional, tendo em vista que as informações analisadas podem determinar como as tarefas devem ser automatizadas, principalmente as repetitivas. O resultado disso é economia de tempo e esforço do seu time de colaboradores.

Fica evidente que a inteligência artificial chegou para ficar e promete facilitar o cotidiano das empresas, não só pelo fato de otimizar processos, mas também por possibilitar experiências personalizadas que atraem, encantam e fidelizam o cliente. Para implementá-la, é necessário revisar suas práticas e ferramentas de trabalho e, a partir daí, identificar quais tecnologias podem ser integradas, a fim de potencializar os seus resultados.

Achou este post interessante? Assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos relevantes no seu e-mail!

Compartilhe !

Posts relacionados

Deixe um comentário